× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: amordevaleriaeenelson

Baixar

Sobre os padrinhos

Aqueles que amamos, que acompanharam de perto nossa história e agora estarão ao nosso lado em um dos dias mais felizes e intensos de nossas vidas.

Nossos Queridos Padrinhos e Madrinhas
Claudia e EdsonQuando criança chamavam a minha irmã de bugra (índia).

Tinha um cabelo muito liso, grosso e escuro. (hoje é loira..kkk)

Sem contar que era muito enfezada, como as bugras...

Uma das melhores imagens que guardo dela é de quando ela tinha uns 4 anos, usando uma blusinha cacharel vermelha, com o cabelo preso numa trança.

Era uma bugrinha muito bonitinha.

Quebrou todos os meus brinquedos, não sei porque.

Mas isto não tem a menor importância hoje.

Hoje, o que importa é que ela tornou-se uma linda mulher!

Que tem coragem para mudar o seu caminho e assumir suas escolhas!

Um pouco cabeça dura, é verdade...

Tornou-se uma tia muito coruja e amada pelo seu único sobrinho.

Cuida com carinho da nossa mãe!

Encontrou-se com o Edson, que muito rapidamente nos conquistou!

Cunhado querido, a quem já devo muito!

Angelita e FernandoPara nós, Angel e Dom Fernando, ou simplesmente Dom.

Nossos queridos companheiros de viagem.

Foram tantas e sempre tão perfeitas...

Com eles, até o ruim da viagem fica bom e vira piada.

Eles nos acolheram na família!

E até os ambulantes das praias reconhecem isso.. kkk

Né, “papai” e “mamãe”?

Um churrasqueiro inigualável, uma amiga que admira o belo, a estética e a arte!

Pais e avós mais que dedicados, diria, devotos!

Lindo de se ver e conviver! Verdadeiro exemplo de amor incondicional!

Muitos são os cantos do mundo nos esperando...

Que venham muitas jornadas juntos!

Silvio e Gilmara Esse é o casal que já nasceu pronto!

Convidou, estão prontos!

Não importa para que!

Como eles mesmo dizem, “com vocês, até batizado de boneca”!

E nós amamos isto!

Entre nós é aquela relação natural... parece que a gente sempre foi amigo...

Pra falar a verdade não dá para dizer quando começou.

Sabemos que fomos vendo uma família se formar.

Meninas lindas nascendo.

Sucesso profissional chegando.

E nós sempre na arquibancada torcendo e comemorando juntos!

Foram “algumas” garrafas, alguns quilos de churrasco e outras guloseimas...

Que continuemos assim...

Nem sempre nos encontramos tanto quanto gostaríamos...

Mas toda vez que ouço a palavra amigos, saibam que a imagem de vocês está em nossas mentes!

Adriani e Luis AlbertoEu nem gostei dessa guria nas primeiras vezes que a vi!

Mas bastou duas horas de conversa num churrasquinho, para que ela saísse da minha casa levando colchão, cobertor e sei lá mais o que...

Estava acampada num apartamento dormindo no chão quando veio para Brasilia!

Dali em diante nossa história foi só ganhando capítulos e cores!

Os anos em Brasilia. A volta para Porto Alegre. Os preparativos para a aventura.

A saída para o mar com o Narceja. O retorno ao trabalho.

Todos estes anos não nos afastaram.

Adriani Artmann é aquela amiga que não importa o tempo ou a distância.

Nada muda! Sei que posso contar! Não importa para o que ou quando!

E depois de tudo, ainda me ajeita um cunhadão!!!

Luis Alberto Ruschel, que bela surpresa!

Que bonito ver a forma como você cuida da minha querida amiga!

Que sorte a nossa ter vocês!

Patrícia e RolimConheci Rolim e Patrícia em dezembro de 2011, meses antes de minha transferência para o Sepcont. Afinidade é algo que não dá para encomendar e muito menos simular...

Posso dizer que presenciei a fase pesada do Rolim…, mas agora ele está light! Dessa fase, restaram as fotos…rs.rs.rs.

De lá para cá, foram muitas louras em boteco (cerveja!!!), ocasião em que os ausentes viraram notícia, eventos entre amigos, festas, enfim, é fácil ser amigo de pessoas especiais.

Mas, especial mesmo, é a história dos dois…
Depois de anos participando um da vida do outro, pois há dez anos trabalhavam lado a lado, os mesmos olhos que antes viam apenas um colega e potencial revisor de algum trabalho, viram mais além e assim continuam até hoje, com esmero mútuo e a convicção de um lindo futuro juntos.

E que o futuro reserve a eles e a nós muitos momentos de alegria e, de muita, muita felicidade, que só é plena se todos aqueles de quem gostamos forem por ela contemplados!

Enerluce e DavidO nome é difícil de gravar, ao menos em uma primeira apresentação, acho que é por isso que intuitivamente a chamamos de Nerlu ou de Lúcia para alguns…rs.rs.rs.

Minha irmã é daquelas pessoas abençoadas por Deus. É detentora de um carisma inigualável, de gentiliza e delicadeza ímpares, enfim, uma mulher doce, sensível, acolhedora e superpraticante do bem!

Para mim, ainda hoje a vejo oscilando entre o papel de irmã mais velha e mãe, não foram poucas as vezes que me apoiou, tornando menos hostil o meu caminho e contribuindo diretamente para minhas conquistas, que certamente acabaram sendo dela também!

Nerlu e David são capazes de demonstrar, todos os dias, que o casamento é algo muito similar a um empreendimento, pois o futuro desse projeto exige muita interação e conhecimento profundo dos desejos do seu “cliente”!!!

Nonato e SuellenFizemos Academia de Polícia juntos no segundo semestre de 2006.

Lembro-me que ainda nas aulas de apresentação, o professor sempre perguntava: qual o seu nome, formação, naturalidade etc., até aí, tudo bem! Mas quando veio a resposta: “meu nome é Nonato, sou formado em Engenharia Elétrica pelo ITA e sou natural de Macapá/AP.

Não aguentei..., caí na gargalhada e falei: amigo, você pode até ter nascido em Macapá, mas com certeza os seus pais são Cearenses, afinal, a cabecinha não nega a origem!!! Foi um dos raros momentos de descontração e gargalhada generalizada...

Após quatro meses de dedicação, finalmente tomamos posse na SR/DPF/MT, Cuiabá, o verdadeiro inferno da terra!

Nonato foi nosso corretor e acabou encontrando um condomínio em fase de conclusão, algo meio espartano, mas totalmente adequado às nossas reminiscências de estudante e/ou assalariado quebrado!

O dono do empreendimento se deu tão bem que sempre patrocinava cervejas e churrasco para os mais chegados...nada mal! Das 20 unidades, 12 chegaram a ser ocupadas por colegas, ou seja, o condomínio mais seguro de Cuiabá!!! Ledo engano, alguns carros foram arrombados, itens furtados (mais de três vezes), mas a culpa não pode ser atribuída a nós, mas sim ao ar-condicionado de janela, que fazia muito barulho e não permitia ouvir os barulhos de vidros sendo quebrados, portão arrombado...rs.rs.rs.

Aproveitando os benefícios da PF_Tur, Nonato foi visitar-me em Sinop/MT por duas vezes, eis que na segunda acabou por conhecer Suellen, sua esposa, dois quais tivemos a honra e o prazer de termos sido convidados para ser Padrinhos!

Mabel e LívioMabel foi a primeira locatária do nosso condomínio em Cuiabá. Por ter sido a primeira, poderia ter escolhido a quitinete que lhe proporcionasse mais privacidade, a última, mas não…, ela escolheu a primeira do andar superior.

Até hoje acho que era uma forma de conhecer todo mundo, afinal, tínhamos que passar na frente da porta dela e, aqueles que não passassem, certamente seriam vistos…rs.rs.rs.

O fato é que deu certo! Em poucas semanas aquele condomínio se transformou em um grande apartamento com vários quartos. Uma verdadeira família!

Foram muitos churrascos, happy hour na varanda e até, acreditem, festa de aniversário com temperatura de 9 graus! Como esquecer do frio e do presente que compramos para ela?!?!

Esse condomínio viu de tudo, inclusive algumas idas de vindas, e nesses momentos, nada como ter por perto uma amiga para falar, chorar, afogar as mágoas e ser reconduzido ao trilho…

O desejo de retornar para Brasília levou-me ainda mais longe, mais precisamente, para o Norte de Mato Grosso…mas nada como Whats app para manter o contato e ter a oportunidade de continuar cultivando essa amizade.

Eis que de volta a Brasília, recebi o convite para o casamento de Mabel e Lívio.
São raros os momentos em que uma notícia tem a capacidade antecipar a grandiosidade de um evento! Foi nessa ocasião que tive oportunidade de conhecer o Lívio e desse encontro veio a certeza de que a Mabel estava segura e em poucos dias iria casar-se com a única pessoa capaz de fazê-la realmente feliz!